HomeNotícias >  Acontece em São Paulo
 
Agosto Dourado: encontro discute importância da amamentação exclusiva até os seis meses do bebê
 

Profissionais de saúde, colaboradores, usuários e convidados se reuniram na manhã desta quarta-feira (02/08) para o IX Encontro de Aleitamento Materno, realizado pela Coordenação Técnica Administrativa  OS CEJAM, em parceria com a OS Monte Azul e o Hospital Dr.Moysés Deustch M Boi Mirim. O evento faz parte das ações da Semana Mundial de Aleitamento Materno, que neste ano tem como tema “Amamentar: ninguém pode fazer por você. Todos podem fazer juntos!”

O supervisor médico do CEJAM, Dr. Mário Santoro abriu a programação apresentando os índices de prevalência de aleitamento nas regiões brasileiras. “Após 120 dias do nascimento do bebê, quando as mães retornam ao trabalho, percebemos que há uma queda no índice em todas as regiões. Pediatras, enfermeiros e as organizações devem não apenas incentivar o aleitamento materno, mas oferecer estrutura para essas mulheres. Há a necessidade de todos se juntarem”, disse.

Segundo relatório da Organização Mundial da Saúde divulgado nesta terça-feira (01/08), somente 40% dos bebês brasileiros menores de 06 meses se alimentam apenas com o leite da mãe. Dos 194 países analisados, apenas 23 têm taxas de amamentação exclusiva acima de 60%.

A gerente geral de saúde da OS Monte Azul, Drª Renata Murya, ressaltou o papel dos profissionais de saúde. “Para nós é extremamente importante participar deste evento que visa à saúde da mulher, que muitas vezes têm um puerpério difícil e conta muito com o apoio de cada um de vocês nesse momento tão delicado”.

“O aleitamento materno como única fonte de alimento nos 06 primeiros meses evita infecções respiratórias, diarreia, diminui o risco de alergias e a chance de obesidade. É fundamental para a mãe receber o apoio dos serviços de saúde, da empresa e da família”, explica a Drª Anna Paula Aleixo, pediatra do NASF OS Monte Azul, reforçando a importância do trabalho da equipe multiprofissional no processo da amamentação.

A coordenadora do Banco de Leite Humano do Hospital Regional Sul, Drª Rosângela Gomes dos Santos, traçou um histórico da campanha “Agosto Dourado” e das ações promovidas ao longo dos anos pelas organizações internacionais. “Eu fico muito feliz em ver que nós avançamos na questão do aleitamento materno. Ainda temos muito o que fazer para atingir, até 2025, a meta de 50% das crianças de até 06 meses amamentadas exclusivamente com leite materno”, afirma. Ela ainda alerta: “A amamentação não é um assunto de interesse apenas das mães, mas de toda a sociedade”.

Experiências exitosas foram apresentadas pela nutricionista da UBS Integral Vera Cruz, Simone Rodrigues Mendes e pela obstetriz da Casa Ângela, Bruna Alves. A coordenadora do Programa Parto Seguro, Drª Anatália Basile, falou sobre o bom desempenho das ações desenvolvidas nos hospitais de atuação do Programa. “Nosso objetivo era mostrar algumas estratégias que o CEJAM utiliza para alinhar hospitais e UBSs e a importância das boas práticas no parto e nascimento para o sucesso do aleitamento materno conforme a literatura”, explicou.

Durante a programação, os participantes assistiram a dois vídeos nos quais profissionais do CEJAM contavam suas experiências nas Unidades de Sáude e a importância que todos têm no apoio ao aleitamento materno. O evento contou ainda com profissionais do Hospital M’Boi Mirim, da Coordenadoria Regional de Saúde Sul e da Escola de Música da OS Monte Azul.

Clique aqui e saiba mais sobre a importância do aleitamento materno na TV CEJAM!

Fonte: Felipe Nascimento - Assessoria de Imprensa CEJAM
Data de Publicação: 03/08/2017

 
© Copyright 2000 / 2017 - Todos os direitos reservados.