Poá aumenta atendimento para mulheres interessadas em métodos contraceptivos

A Prefeitura de Poá, por meio da Secretaria de Saúde, está implementando ações visando descentralizar os serviços. Um deles é o DIU (Dispositivo Intrauterino), procedimento anteriormente ofertado apenas na Unidade Básica de Saúde (UBS) Tito Fuga, em Calmon Viana.  Agora o método contraceptivo será ofertado nas outras unidades de saúde e as poaenses não ficarão em filas de espera.

O DIU é um método contraceptivo de fácil inserção e altamente eficaz. O procedimento é explicado em todas as reuniões de Planejamento Familiar que ocorre em todas as unidades de saúde todos os meses, segundo a diretora da Rede Básica, Rose da Cruz Barbosa. As reuniões preveem ações para a conscientização quanto aos métodos existentes com relação à prevenção da gravidez, como também os procedimentos cirúrgicos de laqueadura, vasectomia, pílulas anticoncepcional, preservativos (camisinhas), entre outros. “Hoje toda paciente que optar pelo DIU poderá solicitar por meio do Planejamento Familiar”, confirmou Rose.

De acordo com o secretário-adjunto de Saúde, Almir Tavares, a administração municipal quer levar ao maior número de pessoas a melhoria de qualidade de vida, por isto é necessário a ampliação dos serviços que antes eram centralizados, o que causava morosidade e fila de espera em alguns casos.

Para o médico Walter Gilberto Guinger, diretor técnico da Secretaria de Saúde, houve um aumento na idade fértil das mulheres com o decorrer das décadas. “O DIU sofreu muito preconceito no passado, mas é um dos métodos mais eficientes contra uma gravidez não planejada. Ao invés de utilizar um método irreversível (procedimentos cirúrgicos) é possível utilizar o dispositivo que tem uma duração de cinco ou dez anos e sem efeitos colaterais. É preciso desmistificar o preconceito com relação ao contraceptivo”, explicou o profissional.


Data de Publicação: 30/03/2017

Fonte: Imprensa Poá