Seu email foi confirmado com sucesso!

Para ativar a senha de seu email, favor abrir um chamado no CAS informando a chave #.
Em alguns segundos, você será direcionado para a criação de sua assinatura digital.

X

Sua assinatura digital foi criada com sucesso!

Lhe foi enviado um email com a sua assinatura, juntamente com as instruções para a sua utilização.

Saúde de Embu das Artes oferece vacina contra hepatite A

Desde o dia 1º de setembro,  a vacina contra hepatite A entrou para a grade de vacinas disponíveis na rede de saúde de Embu das Artes. Ela será oferecida em dose única e com proteção permanente para crianças entre 1 ano e 1 ano e 11 meses e 29 dias. A expectativa é que 4.700 crianças sejam imunizadas até dezembro deste ano. As doses estarão disponíveis em todas as unidades básicas de saúde do município.

Com a inclusão desta vacina, o Sistema Único de Saúde (SUS) passa a oferecer 17 vacinas e imunizações recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). “É fundamental que os pais levem a carteirinha de vacinação da criança. Se alguma imunização estiver desatualizada, ela poderá ser colocada em dia”, explica o coordenador da Vigilância Epidemiológica, Leonardo Marcolan.

Segundo o Ministério da Saúde (MS), desde 2006, o Brasil apresenta queda nas ocorrências de hepatite A. A doença  é a inflamação (irritação e inchaço) do fígado causada por vírus. Os sintomas começam entre duas e seis semanas após a exposição ao vírus da hepatite A. Eles são geralmente leves, mas podem durar vários meses, especialmente em adultos. Os mais comuns são: urina escura, fadiga, coceira, perda de apetite, febre baixa, náuseas e vômitos, fezes pálidas ou com cor de argila e pele amarelada (também conhecida como icterícia).

A contaminação se dá ao comer ou beber água contaminada por fezes que contenham o vírus da hepatite A (frutas, verduras, frutos do mar, gelo e água são fontes comuns do vírus da hepatite A), manter contato com as fezes ou o sangue de uma pessoa que tenha hepatite A, quando uma pessoa contaminada não lavar as mãos adequadamente após ir ao banheiro e tocar outros objetos ou alimentos.


Data de Publicação: 08/09/2014

Fonte: Sandra Martins - Comunicação Prefeitura de Embu das Artes