Campanha Mogi + Rosa oferece informação e exames preventivos contra o câncer de mama

A Prefeitura de Mogi das Cruzes e o Fundo Social de Solidariedade lançaram nesta terça-feira (03/10), no Cemforpe, a Campanha Mogi + Rosa, cujo objetivo é ampliar as informações sobre o câncer de mama e principalmente realizar exames preventivos durante todo o mês de outubro. A boa estrutura da rede de saúde mogiana – que conta com quatro mamógrafos – é um dos diferenciais que deve contribuir para o bom desempenho da iniciativa.

“Muitas cidades, infelizmente, não contam com este tipo de equipamento e precisam aguardar a carreta de exames disponibilizada pelo Governo do Estado para oferecer o atendimento necessário à população. Neste sentido, Mogi das Cruzes possui uma rede muito bem estruturada, além de profissionais capacitados para oferecer diagnóstico e atendimento à população”, disse o prefeito Marcus Melo, que esteve no evento ao lado da presidente do Fundo Social, Karin Melo, e do secretário municipal de Saúde, Marcello Cusatis.

A evolução no núimero de exames de mamografia realizados em Mogi comprova a afirmação. Em 2009, foram 7.139 procedimentos do tipo, sendo que em 2016 o total chegou a 16.357 (incluindo a Carreta da Mamografia). Somente este ano, até o mês de setembro, já foram realizados 10.355 exames. “Estamos preparados para atender toda a demanda e a campanha tem justamente o objetivo de levar informação às pessoas, fazendo com que procurem a rede pública para o agendamento de seus exames”, comentou Cusatis.

De acordo com Karin Melo, a prevenção é a palavra-chave quando se fala de câncer. Ela lembrou que a evolução da tecnologia de diagnóstico, aliada ao diagnóstico precoce, garantem um tratamento satisfatório aos pacientes: “Todos nós temos um familiar ou algum conhecido que já teve ou tem esta doença. E o Mogi + Rosa é uma ação que oferece todos esses elementos, como informação, prevenção de ações práticas, como exames”, pontuou.

O evento desta terça-feira teve uma palestra com a médica mastologista Fabiana Leal Salgado Gama e atrações culturais, como uma apresentação teatral sobre doenças sexualmente transmissíveis, apresentação do Grupo Clow Fusão e o balé Paula Rodrigues Studio de Dança.

Programação
A programação inclui uma série de ações que serão realizadas nas unidades de saúde durante todo o mês de outubro, como coleta de Papanicolaou sem necessidade de agendamento, encaminhamento para exame de mamografia para mulheres com idade entre 50 e 69 anos (exame anual), vacinação contra HPV para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos e rodas de conversa sobre câncer de mama e saúde da mulher.

Serão realizadas, ainda, palestras e encontros nos principais equipamentos de saúde com o Mãe Mogiana, Unica Jundiapeba, UnicaFisio, Pró-Mulher e Hospital Municipal. Além disso, todos os colaboradores usarão laços rosa na lapela e as unidades serão iluminadas com a cor rosa, mundialmente conhecida pela campanha de prevenção ao câncer de mama.

Cusatis frisou que, desde 2010, a Prefeitura de Mogi das Cruzes passou a oferecer exames de média complexidade, como mamografia, até então ofertados apenas pelo Governo do Estado. Com isso, a cidade passou a contar com quatro mamógrafos: Hospital Luzia de Pinho Melo (único equipamento até 2010), Unica Jundiapeba, AME e Pró-Mulher (instalados entre 2010 e 2012).

O secretário de Saúde observou ainda que as pacientes que realizarem exames de papanicolau e mamografia podem retirar resultados diretamente nas unidades de saúde. Se houver alteração nos resultados, a unidade entra em contato com a paciente e a convoca para uma avaliação mais detalhada. (Marco Aurélio Sobreiro)

Números de exames de mamografia realizados em Mogi das Cruzes:

  • 2009: 7.139
  • 2010: 10.870
  • 2011: 10.548
  • 2012: 12.557
  • 2013: 12.793
  • 2014: 13.644
  • 2015: 12.559
  • 2016: 16.357 (incluindo Carreta da Mamografia)
  • 2017: 10.355 (até setembro/2017)

Data de Publicação: 05/10/2017

Fonte: Comunicação Prefeitura de Mogi das Cruzes