UBS Jardim Guarujá promove 3ª formatura do Grupo de Apoio ao Aleitamento Materno

Alegria e emoção marcaram a terceira formatura do Grupo de Apoio ao Aleitamento Materno da UBS Jardim Guarujá, que aconteceu nesta segunda-feira (04/12). O evento foi realizado no teatro do CEU Feitiço da Vila, na zona sul, e contou com a presença dos pais, colaboradores da unidade , da OS CEJAM, da Supervisão Técnica M Boi Mirim e, claro, dos pequenos formandos e suas respectivas mamães.

A programação contou com apresentações musicais e a exibição de vídeos com fotos das mães e seus bebês, além da retrospectiva com as principais atividades realizadas pelo grupo de aleitamento. “A formatura tem sensibilizado as usuárias e demonstrado que o leite materno é a melhor fonte de nutrição infantil e possui um importante papel na imunidade dos bebês”, diz a gerente da Unidade, Noemi Lopes.

Para o gerente regional do CEJAM, Dr. Ernani Pereira Cunha, atividades de estímulo à amamentação deveria ocorrer em todos os serviços de saúde. “É mais do que comprovado que nos seis primeiros meses de vida a amamentação exclusivamente no peito materno é a mais importante que tem, prevenindo de doenças, infecções e fortalecendo a imunidade da criança”.

Doutora Rose Marie Neder Issa, interlocutora da saúde criança da Supervisão M Boi Mirim, destacou como o grupo tem contribuído com a saúde das crianças na região e celebrou a realização do evento. “É um prazer estar aqui nesta festa. A Unidade mora no meu coração e é uma alegria saber que esta ação vem se desenvolvendo com mais sucesso pelos colaboradores e principalmente pelas mães, que são a alma do projeto. Que ele continue cada vez mais com esse sucesso todo”, disse.

AMAMENTAÇÃO
O leite materno possui um importante papel na imunidade dos bebês. As crianças que o recebem como alimento exclusivo nos primeiros seis meses de vida são mais resistentes a infecções, alergias, doenças e até mesmo complicações mais simples, como a cólica e o estresse.

Na amamentação, além de passar nutrientes e anticorpos para a criança, a mãe cria um forte laço com o filho. Ao completar seis meses, ela já pode começar a introduzir alimentos saudáveis nas refeições do bebê. A amamentação, porém, deve continuar até os dois anos ou mais. A mãe deve manter os mesmos cuidados na alimentação que teve durante a gestação.

Confira algumas fotos: http://bit.ly/2AArplX


Data de Publicação: 06/12/2017

Fonte: Felipe Nascimento - Assessoria de Imprensa CEJAM