A vacina contra febre-amarela está disponível em todas as unidades básicas de saúde de Embu

Embu das Artes não registrou nenhum caso de febre amarela em macacos, nem em humanos, mas, apesar disso, está oferecendo a vacina em todas as unidades básicas de saúde. Segundo Leonardo Marcolan, coordenador da Vigilância Epidemiológica da cidade, trata-se da maior ação de cidadania e saúde pública dos últimos 15 anos. Devem tomar a dose toda a população a partir de 9 meses de idade*. Basta comparecer à UBS mais próxima com um documento pessoal, carteira de vacinação e cartão do SUS, se possuir, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.

A febre amarela é uma doença infecciosa aguda causada por picada de mosquitos infectados com o vírus da febre amarela. A doença não é contagiosa e não pode ser transmitida de pessoa para pessoa e nem de macaco para seres humanos. Febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos são alguns dos sintomas que podem aparecer repentinamente. Dependendo da gravidade desses sintomas, a febre amarela pode matar. Sua letalidade é alta, cerca de 50%, ou seja, a cada dois pacientes que contraem a doença, um vai a óbito. Portanto, é fundamental estar imunizado. No sábado, 6 de janeiro de 2018, a ação será intensificada em todas as UBSs, das 9 às 16h.

* Não pode tomar a dose: gestantes, pacientes que tomam imunossupressores, pessoas em tratamento de quimioterapia e radioterapia, pacientes que fazem diálise e hemodiálise, soro positivo HIV (podem tomar a vacina se apresentar relatório do especialista que o acompanha), pacientes que receberam alta nos últimos dois anos de tratamento contra o câncer (podem tomar apresentando a carta do oncologista), portadores de artrite reumatoide, lúpus, doenças neurológicas graves (paciente com crise convulsiva sem controle), pacientes que tenham tomado a vacina contra a febre amarela há menos de um ano.


Data de Publicação: 27/12/2017

Fonte: Prefeitura de Embu das Artes