Seu email foi confirmado com sucesso!

Em alguns segundos, você será direcionado para a criação de sua assinatura digital.

Sua assinatura digital foi criada com sucesso!

Lhe foi enviado um email com a sua assinatura, juntamente com as instruções para a sua utilização.

Mais de meio milhão de pessoas já vacinadas na segunda fase da campanha

O município de São Paulo vacinou até esta terça-feira (30/01) 583.355 pessoas na segunda etapa da campanha contra a febre amarela. Desse total, 564.467 foram doses fracionadas e outras 18.888 doses padrão, para casos específicos, como viajantes internacionais, crianças entre nove meses e dois anos e pessoas com condições clínicas especiais.

A nova fase da campanha começou na última quinta-feira (25) e está priorizando os moradores de 20 distritos da capital: Jabaquara, Cidade Ademar, Sacomã, Cursino, Cidade Líder, Cidade Tiradentes, Guaianases, Iguatemi, José Bonifácio, Parque do Carmo, São Mateus e São Rafael, Capão Redondo, Cidade Dutra, Grajaú, Jardim São Luís, Pedreira, Socorro, Campo Limpo e Vila Andrade. A meta é a imunização de 3,6 milhões de moradores nesta etapa.

A aplicação das vacinas acontece mediante a apresentação de senha, que é entregue em casa aos munícipes atendidos pelas equipes de Estratégias de Saúde da família (ESF) da Prefeitura ou então pode ser retirada nos demais postos. Cabe lembrar que a distribuição diária leva em conta a capacidade operacional de cada unidade de vacinação.

Cabe lembrar que os moradores de outras regiões da capital serão vacinados nas próximas fases da campanha. Outros distritos passarão a aplicar as doses nos próximos meses, levando-se em consideração a localização e sua proximidade com áreas de risco de contato com o vírus da febre amarela.

Postos para viajantes
Além da ação preventiva nestes 20 distritos, a pasta também disponibiliza a dose fracionada da vacina nas chamadas unidades de referência para viajantes em território nacional. O fracionamento da dose segue os padrões da Organização Mundial da Saúde (OMS) e tem a eficácia atestada por, no mínimo, oito anos.

Os viajantes para território nacional que precisam do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) devem procurar um dos sete postos que fazem a emissão do documento. Quatro deles são unidades municipais: UBS Jardim Edite (Itaim Bibi), UBS Jardim Miriam II (Cidade Ademar), UBS Vila Prel (Campo Limpo) e Hospital Dia da Rede Hora Certa (Penha). Outros três postos que emitem o certificado são: CRIE Unifesp, CRIE HC FMUSP (Prédio dos Ambulatórios) e CRIE Emilio Ribas.

Os endereços dos postos da segunda fase, das unidades para viajantes nacionais e internacionais estão disponíveis neste link: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/vigilancia_em_saude/doencas_e_agravos/index.php?p=248543

Imunização na capital
A campanha começou no município em setembro do ano passado no distrito Anhanguera, na região Norte. Em pouco mais de três meses, foram aplicadas 1.366.592 doses da vacina em toda a região.

Em dezembro, três distritos da zona Sul (Parelheiros, Marsilac e Jardim Angela), além de Capão Redondo e o distrito Raposo Tavares, na zona Oeste, entraram na campanha em caráter preventivo. Nesses locais, foram imunizadas 474.061 e 70.042, respectivamente. A primeira fase da campanha, encerrada em 24 de janeiro, imunizou 1.910.695 pessoas na capital no total.

 


Data de Publicação: 31/01/2018

Fonte: Assessoria de Comunicação Secretaria Municipal da Saúde