Seu email foi confirmado com sucesso!

Em alguns segundos, você será direcionado para a criação de sua assinatura digital.

Sua assinatura digital foi criada com sucesso!

Lhe foi enviado um email com a sua assinatura, juntamente com as instruções para a sua utilização.

Violência contra a mulher é tema de ações nas Unidades de Saúde

Durante o mês de março, as Unidades de Saúde gerenciadas pelo CEJAM estão promovendo diversas atividades voltadas ao público feminino. Além de atividades físicas, caminhadas e oficinas, algumas Unidades têm realizado palestras abordando um tema muito importante: a violência contra a mulher e o feminicídio.

Na UBS Jardim Eledy, o Núcleo de Prevenção à Violência (NPV) composto por colaboradores da Estratégia Saúde da Família, NASF e PAVS, realizou uma reflexão com os usuários sobre os diversos tipos de violência contra a mulher no Brasil. A equipe reforçou a necessidade das pessoas denunciarem os casos de violência por meio do Disque 100, um serviço gratuito, que funciona 24 horas e é uma maneira de ajudar, de forma anônima, quem está sofrendo violência.

No Hospital Dia Rede Hora Certa Campo Limpo aconteceu a exposição “Corpos das Penhas” em parceria com a ONG Mulheres Vivas. No dia 16 houve uma palestra das integrantes da ONG para conscientização sobre o feminicídio e, no dia 19, a exposição “visão de mundo” que retratou por meio de 16 pinturas a ótica da mulher que sofre violência.

Segundo dados do Datafolha e do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgados ano passado, cerca de 503 mulheres brasileiras são vítimas de agressão a cada hora e uma em cada três mulheres sofreu algum tipo de violência em 2016, seja agressão física ou verbal.

RIO DE JANEIRO
Nesta quarta-feira (21/03), no Hospital Municipal Evandro Freire, acontecerá uma palestra sobre o tema com a deputada estadual do Rio Janeiro e ex-delegada. A entrada é gratuita e aberta ao público.


Data de Publicação: 20/03/2018

Fonte: Assessoria de Imprensa CEJAM