Seu email foi confirmado com sucesso!

Para ativar a senha de seu email, favor abrir um chamado no CAS informando a chave #.
Em alguns segundos, você será direcionado para a criação de sua assinatura digital.

X

Sua assinatura digital foi criada com sucesso!

Lhe foi enviado um email com a sua assinatura, juntamente com as instruções para a sua utilização.

UBS Jardim Guarujá realiza primeira formatura do Grupo de Aleitamento Materno da Unidade

O leite materno possui um importante papel na imunidade dos bebês. As crianças que o recebem como alimento exclusivo nos primeiros seis meses de vida são mais resistentes a infecções, alergias, doenças e até mesmo complicações mais simples, como a cólica e o estresse.

Mas ainda hoje é comum ouvirmos questionamentos de pais e familiares sobre a amamentação: como amamentar corretamente? O leite materno é suficiente para alimentá-lo? Para responder a essas e a outras dúvidas, foi criado o Grupo de Apoio ao Aleitamento Materno da UBS Jardim Guarujá, que incentiva ao máximo a amamentação ainda na fase de internação das mães.

Nesta quarta-feira, (16/12), ocorreu a primeira Formatura do grupo. O evento aconteceu na Associação de Moradores do bairro e contou com a presença dos pais, colaboradores da unidade e, claro, dos pequenos formandos e suas respectivas mamães.

“Hoje aqui nós queremos comemorar uma vitória. A escolha pela amamentação na fase inicial da vida do bebê é o amor. Muitas tiveram que abrir mão de sonhos, objetivos e foi o amor que transcendeu todos os obstáculos. A amamentação é uma troca de amor, carinho, afeto e que contribui não só para a saúde da criança, mas para sua vida em geral no futuro”, afirma a gerente Noemi Lopes da Silva.

Francisca Silveira, designer de bolsas e participante do grupo, é mãe da Larissa, de apenas 9 meses, e fala sobre a iniciativa. “Eu conheci o grupo por meio das Agentes Comunitárias que passaram as informações sobre o grupo. Acho que ele é fundamental e nos ajuda muito! Eu enfrentei muitas dificuldades com a família, que sempre me pedia para dar outros alimentos para ela. Mas eu permaneci firme e hoje a Larissa está aqui, firme e forte. Eu sou muito grata por toda a ajuda”.

Dra Betty Beatriz, interlocutora da Supervisão Técnica de Saúde do M Boi Mirim, falou sobre a história da UBS Jardim Guarujá e parabenizou o trabalho realizado pelo grupo. “Fico feliz e honrada em participar de um programa tão importante para a saúde das nossas crianças. Toda mulher deve fazer o máximo para amamentar, pois é uma fase de troca, de amor e de afeto com o bebê”, diz.


Data de Publicação: 16/12/2015

Fonte: Felipe Nascimento - Assessoria de Imprensa CEJAM