Estratégia Acompanhante de Saúde da Pessoa com Deficiência

O APD (Estratégia Acompanhante de Saúde da Pessoa com Deficiência) é uma estratégia da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, desenvolvida em parceria com o CEJAM, que visa assistir e realizar treinos de pessoas com deficiência intelectual em situação de fragilidade e vulnerabilidade social. O APD se propõe a promover a inclusão da pessoa com deficiência intelectual na sociedade e mercado de trabalho, evitando situações de abrigamento ou internação, incentivando sua autonomia e independência, desde que respeitadas suas limitações. A equipe de APD é formada por: psicólogo, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo, enfermeiro e seis acompanhantes.

Cidades

  • São Paulo

Serviços

  • Acompanhamento da Pessoa com Deficiência
  • Acompanhante da Pessoa com Deficiência
  • Articulação com Serviços de Saúde e outros
  • Enfermagem
  • Fonoaudiologia
  • Grupos de Promoção de Saúde
  • Psicologia
  • Terapia Ocupacional
  • Treino de trajeto
  • Visitas/Consultas Domiciliares