Aguarde...

Portal da Transparência COVID-19 - Clique aqui e confira

Saúde

Saúde

05 de Dezembro de 2022

Centro Especializado em Reabilitação de SP estimula autonomia e inclusão social

Em funcionamento desde dezembro de 2010, o CER IV (Centro Especializado em Reabilitação) M’Boi Mirim, em São Paulo, tem como objetivo estimular a autonomia e a inclusão social de pacientes com deficiência e realiza, em média, nove mil procedimentos mensalmente.

Administrado pelo CEJAM em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, o Centro é um serviço de porta fechada e se difere por realizar atendimento humanizado, além de contar com uma equipe multidisciplinar formada por fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, médicos e enfermeiros.

Em referência ao Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, celebrado em 3 de dezembro, o CEJAM destaca a importância do CER IV M’Boi Mirim, especializado em reabilitação nível IV, que atua nas modalidades física, auditiva, intelectual e visual.

Suzi Mary Simões, enfermeira e gerente da unidade, informa que o local é referência para cerca de 600 mil moradores do Jardim Ângela e Jardim São Luís. “Temos por volta de 1.500 a 2.000 pacientes cadastros mensalmente”, destaca.

Ela explica que é traçado um Plano Terapêutico Singular (PTS) de acordo com a complexidade e as necessidades de cada paciente e familiar, para qual os objetivos são definidos conforme as dificuldades ou barreiras apresentadas pelo indivíduo. A família é sempre envolvida na construção do PTS. Esta importância se dá para que a família possa compreender e observar o potencial inerente do paciente.

A psicóloga da unidade Ana Paula Ribeiro ressalta que não é porque uma pessoa tem uma deficiência que precisa estar no serviço de reabilitação. “Ela pode estar muito bem habilitada, estar bem na comunidade, estudando. Caso for preciso, a unidade básica estará lá para avaliar”, afirma.

“Deficiência não significa que a pessoa não pode fazer e sim que ela faz de uma forma diferente. A gente não trabalha a normalização, a gente trabalha com o que os pacientes têm, para estarem socialmente incluídos. Ele vai ser incluído a partir  do que ele apresenta, a partir do respeito ao jeito dele de estar no mundo”, reitera.

Serviço de reabilitação

O encaminhamento ao serviço da reabilitação é realizado pelo setor de Regulação, existente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) que compõem o Sistema Único de Saúde (SUS), através do “SIGA SAÚDE”.

Dentre as atividades, se destacam as oficinas, grupos terapêuticos e os atendimentos individualizados. Ademais, a unidade faz a prescrição e dispensação de OPM (Órtese, Prótese e Meios auxiliares de locomoção).

Segundo Suzi, existe uma classificação de prioridade baseada na complexidade do caso. Pacientes classificados como alta complexidade devem ter prioridade, visto que dentro do processo de reabilitação quanto mais precoce for a intervenção, maiores e melhores serão os resultados. A reabilitação, conforme Ana Paula, parte de um princípio de integralidade. Para ela, são práticas que não precisam ser limitadas a exercícios, pois é possível expandir para atividades muito divertidas, que trabalham todos os aspectos motores, sensoriais, sociais e comunicacionais.

“É fazer com que, a partir da própria deficiência, o indivíduo esteja incluído, com suas escolhas e decisões próprias. Ter autonomia a partir do que consegue fazer. Mesmo que precise de apoio, que seja consciente, a partir do desejo dele”, enfatiza.

Os atendimentos do CER IV M’Boi Mirim são voltados a crianças, adolescentes e adultos, e a equipe multidisciplinar conta com profissionais das áreas de psicologia, terapia ocupacional, nutrição, serviço social, fonoaudiologia, fisioterapia e
especialidade médica.

Segundo Suzi, o CER IV M’Boi Mirim é um equipamento de saúde que, além de promover a reabilitação, entende que pode ser um agente transformador na vida das pessoas com deficiência, por trazer autonomia e protagonismo aos usuários.

Fonte: Imprensa, Criação & Marketing

Saúde pessoa com deficiência

Compartilhe essa notícia

SEDE CEJAM

Rua Dr. Lund,41, Liberdade, São Paulo, 01513-020
(11) 3469 - 1818

INSTITUTO CEJAM

Rua Dr. Lund, 41, Liberdade, São Paulo, 01513-020
(11) 3469 - 1818

Prevenir é viver com qualidade!