Aguarde...

Portal da Transparência COVID-19 - Clique aqui e confira

EDITAL Nº 004/2024 - PROCESSO SELETIVO EXTERNO - FONOAUDIÓLOGO - UTI NEONATAL E NAIRR - Rio de Janeiro

Publicado em: 10 de Janeiro de 2024

Para compor o quadro de profissionais para atender ao Hospital da Mulher Mariska Ribeiro. Na função de
Fonoaudiólogo Plantonista do Complexo Neonatal e NAIRR (Núcleo de Atenção Interdisciplinar ao Recém-
Nascido de Risco), desempenhando as seguintes funções:

 Cumprir e interpretar escalas de plantão, previamente construída e informada pela
Coordenação de Fisioterapia;
 Identificar, acolher, planejar e atender as demandas de Fisioterapia no território,
priorizando os casos de alta complexidade e realizando ações compartilhadas com os
profissionais. 
 Admitir juntamente o paciente com a equipe interdisciplinar;
 Avaliação do RN assim que for admitido  e reavaliação do mesmo de 7 em 7 dias; 
 Prestar assistência fisioterapêutica a todos os RNs internados na unidade do complexo
neonatal;
 Prestar assistência fisioterapêutica quando solicitado ao centro cirúrgico, centro de parto
normal, alojamento conjunto e sala vermelha durante o período de plantão através dos
critérios descritos;
 Desenvolver grupos educativos, realizar treinamento para equipe e realizar projetos
terapêuticos, quando necessário; 
 Participar do ROUND diariamente, das reuniões realizadas pela coordenação  da UTI ou
outras lideranças quando solicitados;  
 Preencher  livros de ocorrência e indicadores diariamente no drive;
 Preencher BUNDLE de PAV ( Pneumonia associada à ventilação mecânica;
 Datar e trocar os dispositivos filtro e trakcare conforme orientação do fabricante;
 Sempre checar umidificação e aquecimento dos gases;
 A troca da fixação deverá ser realizada pelo fisioterapeuta com auxílio da enfermagem;
 Planejar e executar medidas de prevenção, redução de risco e descondicionamento
cardiorrespiratório do paciente crítico ou potencialmente crítico;   
 Avaliação e monitorização da via aérea natural e artificial do paciente ou potencialmente
crítico;   
 Realizar aspiração de TOT, TQT e VAS quando na avaliação do fisioterapeuta julgar
necessário, imediatamente após a realização de sua conduta fisioterapêutica em
conformidade com os novos acórdãos do COFFITO 474 e 477. 
 Reabilitação funcional respiratória, através da execução adequada de exercícios que atuam
na mobilidade dos músculos respiratórios e adoção de posturas que exercem ação
facilitadora e corretiva da ventilação pulmonar;
 Auxiliar o médico e equipe multiprofissional na Intubação Orotraqueal  e Ressuscitação
cardiopulmonar ( PCR);  
  Determinar  diagnóstico e prognóstico fisioterapêutico;
  Desenvolver plano de atendimento individualizado para cada paciente;
 Aplicar métodos, técnicas e recursos de expansão pulmonar, remoção de secreção,
fortalecimento muscular, condicionamento cardiorrespiratório e suporte  ventilatório do
paciente crítico ou potencialmente crítico;
  Avaliar e monitorar os parâmetros ventilatórios cardiorrespiratórios, inclusive em situações
de deslocamento de paciente crítico ou potencialmente crítico;
  Aplicar medidas de controle de infecção hospitalar;
 Gerenciar a ventilação espontânea, invasiva e não invasiva; 
  Realizar o desmame e extubação do paciente em ventilação mecânica;

  Manter a funcionalidade e gerenciamento das vias aéreas natural e artificial;
 Avaliar e realizar a titulação da oxigenoterapia e inaloterapia;
 Passar informações dos estado clínico e programação do paciente um a um beira leito para
a equipe de Fisioterapia seguinte;
 Receber o plantão, discutir e definir juntamente com a equipe multidisciplinar o plano
terapêutico para cada paciente;
 Somar esforços junto à equipe de saúde para favorecer o vínculo entre mãe-bebê através
do método canguru;
 Registrar em prontuário, avaliação, reavaliação, diagnóstico, prognóstico, tratamento,
evolução, intercorrências e alta fisioterapêutica;   
  Determinar e prescrever as condições de alta fisioterapêutica;
 Reportar ao Coordenador sobre eventuais intercorrências, problemas assistenciais ou
administrativos;
 Realizar demais atividades inerentes ao cargo e a especialidade de terapia intensiva;
 Identificar, acolher, planejar e atender as demandas fonoaudiológicas no território e realizar
ações compartilhadas com as equipes;
 Possuir conhecimento sobre anátomo-fisiologia das funções estomatognáticas (sucção,
deglutição e respiração) e sistema sensório motor-oral, assim como estar implicado no
tratamento das alterações, na estimulação da alimentação oral e promoção do aleitamento
materno, contribuindo, assim, para o ganho de peso e a alta hospitalar;
 Ter conhecimento do diagnóstico de base e do quadro clínico e evolutivo do recém-nascido
(RN), assim como ciência das condutas da equipe multiprofissional;
 Verificar e analisar detalhadamente prontuários e exames complementares, respaldando as
condutas fonoaudiológicas;
  Avaliar integridade dos órgãos fonoarticulatórios e padrões de sucção não-nutritiva e de
sucção nutritiva, identificando e qualificando o padrão motor-oral dos neonatos e seus
desvios;
 Realizar estimulação da sucção nutritiva ou treino oral pela técnica que considerar mais
apropriada;
  Definir os métodos alternativos de alimentação, quando prescrito complemento ou na
ausência da puérpera;
  Avaliar a amamentação, orientando aspectos técnicos, como pega adequada e como
manter a lactação e extração do leite para as mães;
 Orientar as mães a comparecerem à sala de apoio à amamentação;
  Apoiar, incentivar e promover a amamentação, especialmente em situações especiais,
como em bebês portadores de malformação orofacial, prematuros, cardiopatas e bronco
displásicos;
 Gerenciamento da amamentação nas situações especiais mencionadas acima, considerando
grau de risco para broncoaspiração;
 Esta apta a realizar testes da orelhinha e linguinha 
 Estar apta para aplicação do protocolo de avaliação do frênulo da língua em todos os 
bebês  da unidade HMMR conforme critérios descritos. (MARTINELLI, 2016);
 Está apta a realização da Triagem Auditiva Neonatal o teste da orelhinha em todos os bebês
da unidade do HMMR conforme critérios descritos;
 Obedecer normas de Biossegurança vigentes pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia;
 Desenvolver grupos educativos, realizar treinamento para equipe e  projetos terapêuticos,
quando necessário;
 Participar do ROUND diariamente, das reuniões realizadas pela coordenação ou outras
lideranças quando solicitados; 
 Preencher  livros de ocorrência e indicadores diariamente no drive; 
  Determinar  diagnóstico e prognóstico fonoaudiológico;
  Desenvolver plano de atendimento individualizado para cada paciente;
 Desenvolver programas de prevenção, promoção da saúde e  Aleitamento materno;
 Participar da comissão de humanização e IHAC ( Iniciativa do hospital amigo da criança);
 Atender o Complexo neonatal, alojamento conjunto, CPN, CC e ambulatório quando
solicitada através de critérios descritos;
  Aplicar medidas de controle de infecção hospitalar;

 Passar informações dos estado clínico e programação do paciente para toda equipe
multidisciplinar;
 Somar esforços junto à equipe de saúde para favorecer o vínculo entre mãe-criança;
 Registrar em prontuário, avaliação, reavaliação, diagnóstico, prognóstico, tratamento,
evolução, intercorrências e alta da fonoaudiologia;     
  Determinar  e prescrever as condições de alta do paciente;
 Reportar ao Coordenador sobre eventuais intercorrências, problemas assistenciais ou
administrativos;
 Realizar demais atividades inerentes ao cargo e a especialidade de terapia intensiva;
NAIRR
Realizar as consultas agendadas no consultório NAIRR 2 vezes na semana, abordando:
 Eleger procedimentos terapêuticos para desenvolver a percepção auditiva , distúrbio vocais
e alimentação seletiva das crianças;
 Tratar alterações da fala, de linguagem oral, leitura e escrita, alterações de deglutição e
alimentação seletiva;
 Prescrever atividades preparadas com material lúdico, preparar material terapêutico, indicar
e adaptar tecnologia assistida e criar formas alternativas de comunicação;
 Promover campanhas educativas para todo hospital;
 Preencher indicadores de ações  e evoluções dos pacientes quando estiver de plantão;
 Explicar procedimentos e rotinas, demonstrar procedimentos e técnicas, verificar a
compreensão da orientação e esclarecer dúvidas aos familiares do paciente; 
 Determinar  e prescrever as condições de alta do paciente.

REQUISITOS BÁSICOS PARA O CARGO
 Ensino superior completo em Fonoaudiologia neonatal e ambulatório pediatria;
 Realizar teste da orelhinha. 
 Conhecimento básico em informática;
 CREFONO ativo;
 Experiência de 1 a 2 anos no cargo. 

Carga horária: Plantonista 12 x 60 (07h às 19h)

Salário: R$3.617,25 + R$264,00 (insalubridade)

Benefícios:
1. Vale alimentação;
2. Refeição no local;
3. Seguro de vida;
4. Auxílio funeral;
5. Convênio com faculdade;
6. Convênio com o SESC;
7. Auxílio creche;
8. Vale transporte;
9. Plano odontológico.
10. Plano de Saúde

Competências Individuais:
 Organização
 Ética profissional
 Atenção 
 Espírito de equipe
 Proatividade

Etapas do processo seletivo: Entrevista com RH e Coordenação.

Prazo de recebimento de currículos: 10/01/2024 até 31/01/2024

E- mail para cadastro: recrutamentoadm.rj@cejam.org.br

Local de trabalho: Bangu

TODAS AS VAGAS SÃO DISPONÍVEIS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA.

 

Da Proteção de Dados Pessoais
A participação no processo seletivo, para o seu regular desenvolvimento, pressupõe o
fornecimento de informações pessoais do candidato. O CEJAM possui o Programa de
Conformidade LGPD o qual é composto de políticas e normas referentes ao tratamento
desses dados de acordo com a Lei, através do qual a entidade manifesta seu compromisso
com a segurança da informação.
Clicando em “Cadastro de Currículo” você concorda em participar do processo seletivo e
também com os seguintes termos:
Finalidade: a captação dos seus dados será realizada unicamente para que a entidade entre
em contato com você mediante contato telefônico, envio de e-mail ou via outro meio de
comunicação. Todo o tipo de comunicação nesta fase será realizado para o regular
desenvolvimento das etapas de recrutamento e seleção e será cessado ao final do
procedimento.
Consentimento: em sintonia com a finalidade acima, e, estando de acordo, você manifesta
seu consentimento autorizando a entidade e utilizar os seus dados pessoais clicando em
“Cadastro de Currículo” e, em seguida, continuar a candidatura cadastrando seu currículo
na plataforma.
Compartilhamento de dados: o cadastro do currículo é feito em plataformas de parceiros
como CATHO, Pandapé ou outras, através das quais o recrutador acessa o seu currículo. O
CEJAM informa que os seus dados, nesta etapa, serão utilizados unicamente para a
finalidade exposta acima. A plataforma onde o currículo fica hospedado poderá
compartilhar seus dados com terceiros de forma limitada para fins de funcionalidade do
provedor do site ou para finalidade legal. Ao realizar o seu cadastro, você consentirá com o
compartilhamento desses dados.
Novo consentimento: caso o candidato seja aprovado no processo seletivo, será assinado
novo termo de consentimento de uso de seus dados para fins de gestão de contrato de
trabalho.


SEDE CEJAM

Rua Dr. Lund,41, Liberdade, São Paulo, 01513-020
(11) 3469 - 1818

INSTITUTO CEJAM

Rua Dr. Lund, 41, Liberdade, São Paulo, 01513-020
(11) 3469 - 1818

Prevenir é viver com qualidade!