Aguarde...

Portal da Transparência COVID-19 - Clique aqui e confira

Radar CEJAM

Radar CEJAM

23 de Agosto de 2019

Agosto Dourado: Ciclo de palestras no HSPM incentiva o aleitamento materno

O Hospital do Servidor Público Municipal (HSPM), onde CEJAM atua por meio do Programa Parto Seguro, realizou nos dias 22 e 23 de agosto um ciclo de palestras no Anfiteatro Dr. Argos Meirelles, em alusão à campanha Agosto Dourado, cujo tema neste ano é “Empoderando mães e pais para fortalecer a amamentação. Hoje e para o Futuro”. 

Profissionais da área foram convidados para falar sobre temas como banco de leite e seus benefícios, mitos e verdades sobre o aleitamento e manejo e orientações pertinentes no puerpério (pós-parto).

Coordenadora da Seção Técnica Materno-Infantil do Hospital, a Enfermeira obstétrica Marilene Carvalho Machado diz que “o objetivo da campanha é conscientizar e incentivar as mães, os pais, profissionais e a sociedade em geral sobre a importância da amamentação. O leite materno é o alimento de ouro para a saúde e desenvolvimento infantil e a rede de apoio é fundamental para alcançar o sucesso.” 

“Para a mãe o vínculo materno é indiscutível e para o bebê, com a amamentação, há o desenvolvimento de uma musculatura que é importante para a arcada dentária. Esse movimento de deglutição é muito importante”, complementa a Dr. Vera Campmann, Coordenadora da Neonatologia do HSPM. 

Quem participou do evento recebeu material educativo e o Laço Dourado, símbolo da campanha. 

As enfermarias da Maternidade ficam decoradas com cartazes e frases de estímulo à amamentação durante todo o mês e a “Árvore do Aleitamento” foi montada de forma colaborativa com imagens de alguns bebês que nasceram no hospital, para sensibilizar outros pais sobre a importância do aleitamento materno.

Fonte de nutrição e saúde 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o aleitamento materno durante a primeira hora de vida e que este seja o alimento exclusivo nos primeiros seis meses de vida das crianças. Além de garantir a saúde do bebê e da mãe, a amamentação fortalece o vínculo entre os dois.

Rosana Barbosa da Silva, mãe da recém-nascida Isabella conta que o primeiro filho, hoje com 12 anos, teve dificuldades. “Ele não conseguia puxar o leite tão bem quanto ela. Mas a experiência é a mesma, a aproximação com eles. Tenho certeza que o leite é suficiente e não precisa de mais nada, nem complemento, a não ser que tenha algum problema que não saia o leite, mas se tiver leite tem que dar porque é suficiente para eles.” 

Para Aline Marina dos Santos, mãe da Helena, é preciso que todas as mães entendam que a amamentação é um direto da criança e que é necessário ter paciência. “Às vezes o filho não quer mamar, dorme o dia inteiro, mas é importante, tem que ter paciência e amamentar bastante. O contato entre mãe e filho vem daí, do começo de tudo, que é a amamentação”.

Fonte: Secretaria da Saúde/Prefeitura de São Paulo

Agosto Dourado Amamentação Parto Seguro São Paulo

Compartilhe essa notícia

SEDE CEJAM

Rua Dr. Lund,41, Liberdade, São Paulo, 01513-020
(11) 3469 - 1818

IRS Dr. Fernando Proença de Gouvêa

Rua Dr. Lund, 41, Liberdade, São Paulo, 01513-020
(11) 3469 - 1818

Prevenir é viver com qualidade!

Prevenir é viver com qualidade!