Aguarde...

Saúde

Saúde

17 de Março de 2020

Saúde intensifica atendimento nas unidades municipais para evitar a proliferação do coronavírus (Covid-19)

A Prefeitura da cidade de São Paulo decretou situação de emergência no município e publicou as medidas que serão adotadas pelas Secretarias nesse período. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) colocará à disposição 490 novos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) na rede pública, sendo 190 em até 20 dias, com a reorganização do sistema municipal e, pelo menos, 300 em até 50 dias com recursos do Ministério da Saúde. As férias dos profissionais de saúde serão adiadas por 60 dias.

Atualmente a rede municipal tem 507 leitos de UTI para o enfrentamento à Covid-19, sendo 372 para adultos e 135 pediátricos.

A população contará também com o aumento da assistência em 132 serviços, sendo 13 prontos socorros (PS), 13 unidades de pronto atendimento (UPA), sete assistências médicas ambulatoriais (AMA) 24 horas e seis AMA hospitalares. Entre as ações de aumento na assistência, é possível destacar a alteração do horário de atendimento de 93 AMA, sendo nove AMA 12h e 84 AMA/UBS Integradas, que passarão a funcionar das 7h às 22h.

Medidas
Cabe à SMS adotar medidas para a conscientização dos cidadãos da cidade de São Paulo, como recomendar que locais com aglomerações de pessoas sejam evitados, assim como orientar bares e restaurantes a adotar medidas de prevenção.

No atendimento 156, os munícipes receberão informações sobre coronavírus e Covid-19 e o atendimento realizado pelos funcionários do call center com base em script elaborado por SMS poderá identificar o potencial de pessoa infectada. A partir dessa identificação, se for o caso, providenciar a coleta domiciliar para a realização do exame. O resultado poderá ser comunicado por contato telefônico ativo da Central SP 156.

A mensagem no atendimento 156 e nas centrais telefônicas dos órgãos municipais será de orientação aos cidadãos sobre os cuidados e prevenção sobre a Covid-19.

A SMS realizará campanhas em articulação com os governos Estadual e Federal para a orientação da população sobre os cuidados a serem adotados para a prevenção da doença, assim como os procedimentos que devem ser observados nos casos de suspeita de contaminação.

Cirurgias
As cirurgias previstas na rede municipal serão realizadas de forma gradual e de acordo com a prioridade clínica. Ou seja, os procedimentos que não são urgentes serão adiados, nesse primeiro momento. Já as cirurgias de pacientes oncológicos não serão suspensas.

Vacina contra a gripe
Para auxiliar no diagnóstico da Covid-19, o Ministério da Saúde antecipará a campanha de vacinação contra a influenza que aconteceria apenas em maio, para a próxima segunda-feira (23), priorizando os idosos e os trabalhadores da saúde que estão na linha de frente do atendimento à população na primeira etapa. Mesmo não sendo eficaz contra o coronavírus, essa estratégia auxiliará a descartar as influenzas na triagem.

Dicas de prevenção
- Cubra sua tosse
- Utilize lenços descartáveis e jogue-os no lixo após o uso
- Cubra sempre o nariz e a boca ao tossir os espirrar
- Lave as mãos frequentemente com água e sabão
- Evite aglomerações ou locais pouco arejados
- Evite tocar olhos, nariz e boca
- Não compartilhe objetos de uso pessoal

Fonte: Prefeitura de São Paulo/Secretaria Municipal da Saúde

Coronavírus

Compartilhe essa notícia

SEDE CEJAM

Rua Dr. Lund,41, Liberdade, São Paulo, 01513-020
(11) 3469 - 1818

INSTITUTO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

Rua Dr. Lund, 41, Liberdade, São Paulo, 01513-020
(11) 3469 - 1818

Prevenir é viver com qualidade!

Prevenir é viver com qualidade!