Aguarde...

Portal da Transparência COVID-19 - Clique aqui e confira

Saúde

Saúde

09 de Março de 2020

Saúde da mulher: Prefeitura vai promover 336 mutirões de Papanicolau

A atenção à saúde integral da mulher busca o equilíbrio entre corpo e mente. Para celebrar o Dia Internacional da Mulher (8) a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e das Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS) e hospitais municipais, preparou uma programação especial no mês de março com 336 mutirões de Papanicolaou, grupos de prevenção à violência e diversas ações para esse público.

Segundo a pesquisa Mulheres e Arranjos Familiares na Metrópole, realizada pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade, 2020), que avaliou aspectos da vida dos chefes de família na região metropolitana de São Paulo, 39% das famílias são chefiadas por mulheres e apenas 13% delas vão aos serviços de saúde no dia a dia.

Com a intensidade da vida moderna, nem sempre as mulheres conseguem se dedicar ao autocuidado. Atarefadas com o trabalho, o lar e a família, nem sempre sobra tempo para elas. Foi pensando nisso que a Prefeitura  criou essa programação, com ênfase nos exames preventivos, criando a oportunidade para o público feminino se cuide perto de casa, na sua unidade de referência ou locais próximos na região.

Mutirão de Papanicolaou

O Papanicolaou é o exame de prevenção do câncer do colo do útero. Ele detecta anormalidades que precedem a doença e o próprio diagnóstico do câncer.

De acordo com a responsável pela área técnica de Saúde da Mulher, Sônia Raquel, por meio da coleta do Papanicolaou pode-se detectar, também, infecções vaginais como tricomoníase, candidíase, gardnerella e  HPV e outras infecções. Com essa programação, a área de Saúde da Mulher quer alertar sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de colo uterino.

“Muitas mulheres não conseguem se descolar até a unidade de saúde nos dias e horários habituais de funcionamento, então a oferta do exame em datas específicas, pré-determinadas e em horários ampliados é um incentivo ao autocuidado”, explica a médica.

Quem deve fazer o exame?

O Papanicolaou é um dos exames mais simples e importantes para a saúde feminina. Deve ser realizado primordialmente entre 25 e 64 anos, nas mulheres com vida sexual ativa. A rotina recomendada para o rastreamento é a repetição a cada três anos, após dois exames normais consecutivos realizados com um intervalo de um ano.

Preparo e orientação

O Papanicolaou pode ser coletado em qualquer período do ciclo menstrual, exceto quando a mulher estiver menstruada.

As orientações que o serviço médico deve passar são as de não fazer duchas vaginais, não usar drogas intravaginais (cremes, óvulos) e manter abstinência sexual nas 48 horas que antecedem o exame.

Programação do Mês da Mulher

Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) Sul

Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) Norte

Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) Centro

Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) Sudeste

Hospitais Municipais

Fonte: Prefeitura de São Paulo/Secretaria Municipal da Saúde

UBS PAI/UBS Jardim Maracá

Compartilhe essa notícia

SEDE CEJAM

Rua Dr. Lund,41, Liberdade, São Paulo, 01513-020
(11) 3469 - 1818

IRS Dr. Fernando Proença de Gouvêa

Rua Dr. Lund, 41, Liberdade, São Paulo, 01513-020
(11) 3469 - 1818

Prevenir é viver com qualidade!

Prevenir é viver com qualidade!